dd
• NOTÍCIAS
Prejuízos com a chuva ultrapassam os R$ 3 milhões em São Lourenço do Oeste
Adicionada: 14/11/2017
 



As chuvas causaram estragos em sete bairros e nove comunidades de São Lourenço do Oeste, afetando mais de 7,1 mil pessoas



O governo municipal de São Lourenço do Oeste e a Defesa Civil municipal terminaram no fim da tarde de segunda-feira (13) o relatório que contabilizou os estragos causados pela chuva do dia 4 de novembro. O documento será enviado para a Defesa Civil de Santa Catarina para análise de homologação, que depois enviará à União, que definirá a validação do mesmo e poderá fazer o envio dos recursos. Segundo o relatório, o município teve R$ 3.195,100 milhões em prejuízos.

 

Prefeito de São Lourenço do Oeste, Rafael Caleffi diz que o objetivo desde o dia da enxurrada está sendo reconstruir os locais afetados pela chuva com recursos da prefeitura. Na segunda-feira à tarde, o prefeito esteve em Florianópolis participando de audiências a fim de conseguir recursos para reparar os danos. Ele esteve acompanhado do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Walmor Pederssetti.

 

De acordo com relatório da Defesa Civil municipal, as chuvas causaram estragos em sete bairros e nove comunidades de São Lourenço do Oeste, deixando 18 pessoas desalojadas e 7.144 afetadas. Este número incluiu as famílias que ficaram sem água por conta de estragos na Estação de Tratamento de Água (ETA) da Casan.

 

Segundo o coordenador da Defesa Civil municipal, Jakson dos Santos, todas as secretarias municipais auxiliaram no levantamento dos estragos, o que facilitou o trabalho e garantiu que nada fosse deixado de fora. “Importante fazer um agradecimento especial ao Corpo de Bombeiros e aos órgãos de segurança pública, que trabalharam incansavelmente para auxiliar as pessoas que foram afetadas”, diz.

 

 

Agricultura

 

O interior do município foi bastante afetado pela força da água, sendo os locais mais atingidos os distritos de Presidente Juscelino e Frederico Wastner. Conforme relatório foram 11 pontes, 390 bueiros, 40 casas e 200 quilômetros de estradas danificados.



Fonte: Ascom PM SLO | Foto: Ascom PM SLO
 

Versão para impressãoVersão para impressão Enviar para amigoEnviar para amigo
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.