dd
• Leia mais notícias de GERAIS
Defesa Civil contabiliza mais de mil pessoas desalojadas e 155 desabrigados após chuvas em SC
Adicionada: 12/01/2018
 



Último boletim foi divulgado na manhã desta sexta (12). Chuva diminuiu no estado e não há novas ocorrências nesta manhã



A Secretaria de Estado da Defesa Civil informou na manhã desta sexta-feira (12) que o número de desalojados no estado, ou seja, que saíram de casa preventivamente por conta das chuvas fortes entre quarta-feira (10) e quinta (11), chega a 1.710 pessoas.

 

As mortes foram de um homem em Florianópolis e de uma menina em São João Batista. Decretaram situação de emergência por causa das chuvas os municípios de Florianópolis, Porto Belo e Itapema.

 

O último boletim foi divulgado às 7h desta sexta. Ainda de acordo com o órgão, não há novas ocorrências nesta manhã de sexta, são apenas atualizações da situação até quinta-feira, após repasse de informações das prefeituras.

 

Até as 21h de quinta, o órgão apontava 485 pessoas desalojadas. Segundo a Defesa Civil, o aumento para mais de mil se dá, principalmente, pelas pessoas que tiveram que sair de casa na capital catarinense.

 

O número de desabrigados também aumentou. Antes eram cinco contabilizados. Nesta manhã, já 155 estão em abrigos.

 

O número de afetados pelas chuvas e cidades atingidas permanecem os mesmos: 3.751 pessoas e 21 municípios.

 

 

Cidades afetadas

 

- Lauro Müller

 

- Imbituba

 

- Florianópolis

 

- Braço do Norte

 

- São José

 

- São João Batista

 

- Biguaçu

 

- São Francisco do Sul

 

- Penha

 

- Itapema

 

- Balneário Camboriú

 

- Itajaí

 

- Bombinhas

 

- Navegantes

 

- Taió

 

- Camboriú

 

- Porto Belo

 

- Governador Celso Ramos

 

- Tijucas

 

- Palhoça

 

- Canoinhas

 

 

Previsão do tempo

 

A sexta-feira (12) é de tempo instável em boa parte das regiões. No Oeste, Serra e parte do Norte catarinense o sol deve aparecer em boa parte do dia. Há predomínio de nuvens.

 

De maneira isolada, há chance de chuva forte com volumes significativos, mas nada parecido com o que ocorreu na quarta-feira (11) ou nos últimos dias no litoral.



Fonte: G1 SC | Foto: Eveline Poncio/NSC TV
 

Versão para impressãoVersão para impressão Enviar para amigoEnviar para amigo
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.