dd
• Leia mais notícias de SAÚDE
144 cidades de SC somam mais de 11,5 mil focos do Aedes aegypti em 2017
Adicionada: 12/01/2018
 



Maioria dos municípios são na região Oeste do Estado. São Lourenço do Oeste é um deles



O número de focos de Aedes aegypti disparou em Santa Catarina em 2017. No total, até 30 de dezembro, foram registrados 11.567 focos do mosquito em 144 municípios - número 65% maior do que o registrado no mesmo período em 2016. Neste ano, haviam sido identificados 7.006 focos em 139 municípios. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (11) pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive/SC).

 

Além disso, o relatório aponta que são 63 municípios considerados infestados, o que representa um incremento de 26% em relação ao mesmo período de 2016, quando eram 50 cidades nessa situação. A maioria dos municípios infestados é na região Oeste do Estado, entre eles São Lourenço do Oeste, Jupía, Novo Horizonte, São Bernardino, Campo Erê, Galvão e Coronel Martins.

 

Porém, em relação às doenças transmitidas houve uma queda significativa no Estado.  Em 2017, foram 16 casos de dengue, sendo dois com transmissão dentro de Santa Catarina, nove importados (transmissão fora do estado) e dois indeterminados. Já em 2016, foram 13,9 mil casos da doença.

 

Sobre a febre de chikungunya, foram 34 casos confirmados em SC, sendo 33 importados e um em investigação. Além disso, foi um caso confirmado de zika vírus, importado.



Fonte: Diário Catarinense | Foto: Diário Catarinense
 

Versão para impressãoVersão para impressão Enviar para amigoEnviar para amigo
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.