• Leia mais notícias de MEU PET
Após ser abandonado cinco vezes, cão surdo aprende a linguagem de sinais
Adicionada: 12/03/2018
 



Depois que foi adotado por uma família amorosa e que está dando o tratamento que o cão merece, ele já evoluiu bastante e aprendeu vários comandos



Entre os animais que vivem em abrigo esperando para serem adotados, alguns demoram ainda mais para ganharem um no lar por conta do preconceito. Alguns exemplos são aqueles sem raça definida, os de cor preta e os que possuem alguma deficiência ou necessidade especial.

 

O cãozinho Ivor, da raça Staffordshire Bull Terrier, já sentiu muito esse preconceito na pele. Com apenas 10 meses, o filhote já foi abandonado por cinco famílias diferentes. O motivo? Ivor é surdo. Porém, felizmente o cãozinho teve uma nova chance com uma nova tutora e sua vida mudou completamente.

 

Apesar de seus últimos tutores alegarem que estavam devolvendo o cachorro por não conseguiam adestrá-lo, Ivor conseguiu aprender um pouquinho da língua dos sinais no abrigo da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA), ONG de resgate e acolhimento no País de Gales, no Reino Unido.

 

Porém, já com sua nova tutora, Ellie Bromilow o cachorro teve uma grande evolução, em todos os quesitos, e aprendeu ainda mais coisas. “Ele pega novos sinais com muita facilidade. Desde que o adotamos em Dezembro, ele se acalmou e transformou-se em um cachorro feliz e contente. Nós mantemos sua mente e nariz ocupados com jogos e o mantemos bem exercitado”, contou Ellie orgulhosa.

 

De acordo com a tutora, mesmo surdo, Ivor já aprendeu os comandos “Venha aqui” e “Parado”. “Ele já sabe o que significa ‘Venha aqui’, ‘Sente-se’, ‘Deite-se’ e ‘Parado’. E está aprendendo como deitar de barriga para cima”, disse a Ellie.

 

Para Ellie, que disse ter se apaixonado à primeira vista quando viu o anúncio na RSPCA do cão para adoção, Ivor é um ótimo exemplo de como os cachorros podem evoluir muito bem quando lhe são dadas oportunidades verdadeiras.



Fonte: Anda | Foto: Reprodução / Lancashire Telegraph
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.