• Leia mais notícias de POLÍTICA
Lula perde votos, mas mantém liderança; sem ele, Marina se aproxima de Bolsonaro, diz pesquisa DataFolha
Adicionada: 15/04/2018
 



No fim de janeiro, quando foi feito o outro levantamento do Datafolha, Lula tinha até 37% das preferências



Pesquisa Datafolha realizada na semana passada e divulgada neste domingo (15) pela Folha de São Paulo aponta o ex-presidente Lula com 31% das intenções de voto no cenário mais favorável entre nove pesquisados.

 

No fim de janeiro, quando foi feito o outro levantamento do Datafolha, Lula tinha até 37% das preferências. A queda teria relação com a prisão do petista, ocorrida no sábado (07).

 

O PT tem sustentado a intenção de registrar a candidatura de Lula, que está preso na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba para cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro definida no processo do caso do tríplex no Guarujá. Se o ex-presidente fizer o registro da candidatura, caberá à Justiça Eleitoral a análise do pedido.

 

A pesquisa verificou três cenários tendo Lula como candidato, e o ex-presidente teve variação de 30% a 31% nas intenções de voto. O deputado Jair Bolsonaro (PSL) variou de 15% a 16% nas três opções.

 

Outros quatro candidatos mantiveram o mesmo percentual nos cenários com o ex-presidente petista: a ex-senadora Marina Silva, Rede, ficou com 10%, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, do PSB, teve 8% das intenções de voto, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), 6%, e Ciro Gomes, PDT, 5%.

 

Nos cenários com Lula fora da disputa, Bolsonaro e Marina aparecem empatados na liderança. Bolsonaro tem 17% das intenções de voto e ela oscila entre 15% e 16%. Já Ciro Gomes alcança 9% em todos os cenários sem Lula, empatado com Alckmin, que varia de 7% a 8%. Barbosa, ex-presidente do STF, oscila entre 9% e 10%. O ex-prefeito de São Paulo, o petista Fernando Haddad, aparece com 2% e o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, também do PT, tem 1%.

 

Manuela D'Ávila, do PCdoB, atinge no máximo 2% e Guilherme Boulos, do PSOL, 1%. O presidente Michel Temer, do PMDB, tem 2% das intenções de voto. A pesquisa aponta ainda que o ex-ministro Henrique Meirelles não tem mais do que 1% das intenções de voto.

 

A nova pesquisa foi realizada entre quarta (11) e sexta-feira (13). Foram realizadas 4.194 entrevistas em 227 municípios. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.



Fonte: Gaúcha ZH | Foto: Palácio do Planalto
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.