• Leia mais notícias de GERAIS
Restauro da imagem de Aparecida faz 40 anos em 2018 e igreja planeja 'peregrinação' na Dutra
Adicionada: 15/04/2018
 



Imagem foi quebrada em mais de 200 pedaços após um ataque em 1978. Depois do restauro, imagem partiu de São Paulo até Aparecida, formando um corredor de devotos pela Dutra. Intenção é repetir a ação



A 'peregrinação' da imagem de Nossa Senhora pela Dutra, de São Paulo a Aparecida, para celebrar o restauro do maior símbolo de fé e devoção do país, vai ser relembrado pela igreja com uma nova viagem em agosto. O evento vai marcar os 40 anos do retorno da peça à basílica, depois de ter sido quebrada em mais de 200 pedaços.

 

A ação foi anunciada na Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros (CNBB), que ocorre desde a última quarta (11) no Santuário Nacional. Outras atividades estão previstas a partir de maio como parte das festividades de ‘Celebração da Restauração’.

 

Em agosto vai fazer quatro décadas que a imagem foi alvo de um ataque - um jovem de 19 anos conseguiu retirar a santa do altar da basílica velha e, ao fugir, derrubou e quebrou a imagem. O jovem Rogério Marcos de Oliveira, de 19 anos, foi detido e tratado como doente mental.

 

Segundo o Santuário Nacional, o motivo de percorrer novamente o percurso com a imagem de Aparecida pela Dutra vai além do religioso. A intenção é debater assuntos sociais de interesse dos cristãos. Até o dia da caminhada, a igreja vai fazer reuniões para falar sobre a restauração da família, da sociedade, do emprego e da educação.

 

“Em um momento em que o país passou por rupturas, com tanta instabilidade econômica e política, queremos que as pessoas se lembrem do que houve e que foi possível reestabelecer. Temos eleições este ano e é possível nos refazermos”, explicou o padre João Batista de Almeida, reitor do Santuário.

 

A peregrinação será no dia 19 com saída da Igreja da Sé, em São Paulo. De acordo com a programação, será celebrada uma missa às 7h e os peregrinos devem sair em caminhada até Aparecida pela via Dutra, a partir das 9h. Às 15h uma missa será celebrada no Santuário Nacional para recepcionar os devotos.

 

Na última vez em que o trajeto foi feito, ele partiu do Masp, em São Paulo, onde a imagem foi restaurada. Milhares de fiéis acompanharam o percurso e lotaram as margens da rodovia. Uma multidão emocionada se aglomerava nas passarelas e canteiros do corredor - que liga as capitais São Paulo e Rio de Janeiro.

 

A igreja informou que acionou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a concessionária para apoiar a ação.



Fonte: G1 Vale do Paraíba e Região | Foto: Portal A12
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.