• Leia mais notícias de MEU PET
Após morte de cão, tutor faz depoimento emocionante ao adotar outro animal
Adicionada: 21/05/2018
 



Texto no Facebook tem mais de 1 500 curtidas



 

O gerente de marketing Bruno Grinapel, de 29 anos, se mudou do Rio para São Paulo em 2015. Sentia-se solitário morando sozinho e decidiu adotar um cachorro. Pelas mãos do protetor Alessandro Desco, especializado em pit bulls, apareceu na vida do jovem o cão Sansão, seu primeiro animal na vida.

 

 

Após apenas um ano e meio juntos, o pit bull de 5 anos sofreu um acidente inesperado e faleceu. “Sofri pra caramba. Senti um vazio absurdo”, lembra Grinapel. “Era sempre eu e ele.”

 

O tutor tentou se aproximar de outros cachorros disponíveis para adoção, mas não se sentiu à vontade com nenhum. Um ano depois da morte de Sansão, foi conhecer outro pit bull, a Pirata. “Nos conectamos na hora”, lembra. A fêmea, de 3 anos, havia sido adotada por um casal. Depois de dez meses, o par se divorciou e devolveu a mascote. “O Alessandro disse para mim: ‘você precisa recomeçar e ela também’.”

 

Há dois meses, a dupla vive feliz. Grinapel postou um texto emocionante no Facebook falando sobre a morte de Sansão e a adoção de Pirata. A publicação tem mais de 1 500 curtidas. Confira clicando aqui.

 



Fonte: Anda | Foto: Reprodução/Facebook
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.