• Leia mais notícias de TECNOLOGIA
Incubadora Tecnológica de Pato Branco mantém seleção permanente para novos projetos
Adicionada: 17/07/2018
 



Atualmente, há 18 projetos incubados e três em processo de incubação, sendo que a incubadora possui capacidade para abrigar 50 empresas



Desde a inauguração do Parque Tecnológico, o espaço abriga, constantemente, inúmeras novas propostas de empresas na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Pato Branco (ITECPB). O edital para apresentação de novos projetos permanece com fluxo contínuo e a seleção é feita por uma comissão especial formada pelo diretor da incubadora, representantes do Conselho Municipal de Tecnologia da Informação, representantes da área do projeto e membros da comunidade.

 

Para participar da seleção, os produtos, processos ou serviços propostos, precisam ser de base tecnológica, inovadores e alinhados com as áreas de pesquisa priorizadas pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (SMCTI), que são: tecnologia da informação e comunicação, biotecnologia e eletroeletrônico, bem como projetos inovadores de qualquer área do conhecimento que, sendo aprovados pela banca pública, podem fazer uso das estruturas do parque tecnológico.

 

Atualmente, há 18 projetos incubados e três em processo de incubação, sendo que a incubadora possui capacidade para abrigar 50 empresas. Na semana passada, uma nova sugestão de incubação foi apresentada para a comissão. “O edital de fluxo contínuo tem como principal objetivo a inserção de novos projetos sem a necessidade de esperar para quando a incubadora tiver nova data, visto que um projeto pode nascer de uma hora para outra”, explicou Nelito Antonio Zanmaria, que atua como gerente da ITECPB.

 

A equipe propôs uma ideia voltada ao desenvolvimento de estrutura empresarial para crescimento em escala. “Acredito que a Incubadora, por estar integrada com várias empresas e universidades, conseguirá nos oferecer um conhecimento que irá colaborar com nossa ideia. Acrescenta-se a isso, o fato dela ter a base tecnológica necessária para o nosso projeto receber o aperfeiçoamento necessário para se destacar no mercado”, disse Eduardo Minozzo, ao explicar por que ele e seus sócios, Esmael Somenzi e Leonel Bierdamann Inocêncio, decidiram buscar a incubação da ITECPB.   

 

De acordo com Nelito, para os projetos incubados, a equipe do Parque Tecnológico oferece todo o apoio técnico, com a oferta de área física, com salas e laboratórios, serviços técnico-administrativos, orientação, assessoria e capacitação em cinco eixos do CERNE (Centro de Referência para Apoio de Novos Empreendimentos): Empreendedor, Tecnologia, Gestão, Mercado e Capital. Além de prestação de serviços e informações tecnológicas e, ainda, a viabilização de cooperação tecnológica com outras instituições.

 

“Nos próximos dias, outras equipes estarão apresentando novas propostas e nossa intenção é possibilitar que essas ideias recebam todo o apoio necessário para que se desenvolvam e possam ir para o mercado já bem estruturadas, oferecendo produtos e serviços de qualidade, gerando emprego e renda”, afirmou Nelito.

 

 

 Como me torno um incubado

 

Para saber mais ou inscrever-se para apresentar uma ideia, basta acessar o endereço: www.smcti.patobranco.pr.gov.br/editais, ou entrar em contato com a ITECPB, por meio da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, na Rua Lídio Oltramari, 1500, ou pelos telefones (46) 3220-6080 e (46) 3220-6081.



Fonte: Ascom Prefeitura de Pato Branco | Foto: Ascom Prefeitura de Pato Branco
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.