• Leia mais notícias de PREFEITURA DE SÃO LOURENÇO DO OESTE
Em 2018, Programa Cheque do Leite pagou mais de R$ 390 mil para cerca de 500 produtores
Adicionada: 30/11/2018
 



Secretário de Agricultura de Santa Catarina participa do 4º pagamento do Programa Cheque do Leite



O 4º e último pagamento do Programa Cheque do Leite de 2018 foi realizado na tarde de quinta-feira (29) no auditório do Sicoob Original. O governo municipal de São Lourenço do Oeste, por meio da Secretaria de Agricultura, teve o apoio do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sintraf), da Epagri, da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), da Rissi Agropet e da Citromax.

 

Ao longo do ano, cerca de 500 produtores foram beneficiados com o bônus fiscal, onde a prefeitura distribuiu mais de R$ 390 mil. O Programa Cheque do Leite é um incentivo calculado de acordo com as seguintes alíquotas: 2,9% no caso de circulação dentro do município da produção leiteira, com destino à indústria de transformação do leite estabelecida no município de São Lourenço do Oeste, com limite de até R$ 2,5 mil por ano; e 1,7% no caso de circulação intermunicipal da produção leiteira, com destino à indústria de transformação do leite estabelecida em outros municípios e limite de até R$ 1,5 mil por ano.

 

Para o último pagamento houve palestra com o secretário de Agricultura do Estado de Santa Catarina, Airton Spies, que está a frente também da Aliança Láctea Sul Brasileira, entidade criada para fortalecer a cadeia produtiva do leite na região Sul. Spies falou sobre os desafios dentro das propriedades, ressaltando que os produtores devem fazer o dever de casa. “No leite ou mudamos o sistema de produção, a tecnologia, ou os produtores vão ficar pra trás e vão ter que parar a atividade”, frisou. Conforme Spies, Santa Catarina produz hoje 38% de todo o leite do Brasil, sendo o 4º produtor entre todos os Estados.

 

Para o secretário interino de Agricultura, Anilson Spricigo, o Programa Cheque do Leite veio justamente para ajudar o produtor dentro da sua propriedade, onde ele poderá investir os recursos em pequenas melhorias. Spricigo explicou que o programa começou efetivamente este ano e já colhe os resultados positivos.

 

Secretário executivo da ADR, Walmor Pederssetti parabenizou o governo municipal por mais esta iniciativa, que beneficia diretamente o produtor dentro de sua propriedade. Ele garantiu que o programa está sendo melhorado, já que este ano foi uma experiência, e que certamente para os próximos anos haverá ainda mais adesões de produtores, melhorando a economia de todo o município.



Fonte: Ascom Prefeitura de SLO | Foto: Ascom Prefeitura de SLO
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.