• Leia mais notícias de ESPORTES
É Série A! Com público recorde, Chape vence o São Paulo e evita rebaixamento
Adicionada: 03/12/2018
 



Time do Oeste garante permanência por suas próprias pernas



A Chapecoense sofreu nesta Série A do futebol brasileiro. Ficou por várias rodadas na zona de rebaixamento. Porém, a competição terminou com festa para o clube do Oeste catarinense. Pela última rodada, o time do técnico Claudinei Oliveira venceu o São Paulo por 1 a 0, na tarde deste domingo (02), na Arena Condá lotada, e evitou a queda para a Série B.

 

Precisando da vitória para não depender de outros resultados, a Chapecoense entrou em campo decidida a pressionar o São Paulo. Conseguiu no início. Logo aos quatro minutos, o estádio inteiro reclamou de um pênalti não marcado de Arboleda sobre Wellington Paulista. Muitos protestos contra o árbitro Wilton Pereira Sampaio. Aos poucos, o Tricolor paulista equilibrou o confronto, mas o Verdão de Santa Catarina criou a melhor oportunidade da primeira etapa. Aos 39, Wellington Paulista cabeceou na trave. O jogo foi para o intervalo com o placar zerado.

 

O ritmo da partida caiu no segundo tempo. A iniciativa era dos visitantes, que tentavam atacar tocando a bola. A Chape marcava procurando explorar o contragolpe. As defesas souberam conter os avanços e nenhuma equipe levava perigo. O torcedor verde-branco estava tenso na arquibancada, porque o empate não era o suficiente para garantir a permanência na elite por suas próprias pernas. Mas, aos 22 minutos, a torcida parou de roer as unhas para comemorar. Leandro Pereira fuzilou de cabeça para a rede: 1 a 0. Os donos da casa administraram a vantagem até o fim.

 

A vitória assegurou a Chapecoense no Brasileirão de 2019 sem precisar secar o América-MG e o Sport, os principais concorrentes na luta contra o descenso. Após o apito final, a Arena Condá, que recebeu público recorde em sua história (19.992 torcedores), pulsou como se um título tivesse sido conquistado. Jogadores, comissão técnica e dirigentes comemoraram a permanência como se fossem maestros dos torcedores. Até o carro-maca foi utilizada na festa. Não adianta, a Chape é Série A.



Fonte: Diário do Iguaçu | Foto: Diário do Iguaçu
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.