• Leia mais notícias de GERAIS
Olimpíada Regional de Matemática da Unochapecó premia 38 alunos do ensino fundamental e médio
Adicionada: 04/12/2018
 



O evento é organizado todos os anos pela Universidade, em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)



Muito mais do que colocar o conhecimento em prática, uma Olimpíada de Matemática exige concentração, dedicação e muita criatividade para resolver problemas, criar soluções e encontrar resultados. E foi com a união de todas essas habilidades que 38 estudantes do ensino fundamental e médio, de nove escolas da região Sul do país, foram premiados pelos seus desempenhos durante a Olimpíada Regional de Matemática da Unochapecó. 

 

O evento é organizado todos os anos pela Universidade, em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Seu principal objetivo é estimular o estudo da matemática nas escolas de ensino fundamental e médio. A 15ª edição do projeto aconteceu no dia 20 de outubro, com a participação de mais de 300 alunos do 6º ano ao ensino médio. Na última sexta-feira (30/11), os estudantes com melhores desempenhos na prova foram premiados no Plenário do Bloco R da Unochapecó.

 

Para a coordenadora da Olimpíada Regional de Matemática, professora Andreia Beatriz Schmid, esses estudantes possuem um grande potencial, demonstrados na prova aplicada. "A gente tem a oportunidade de corrigir, e notamos que esses alunos têm um grande potencial. Para esses 38 estudantes, eu queria dizer parabéns, que continuem com essa dedicação, porque ser premiado em uma olimpíada não é acaso, não é destino, não é sorte. É resultado de dedicação, empenho e concentração. Então, sigam nesse caminho que com certeza vocês vão alçar grandes voos", enfatiza.

 

Além dos estudantes, estiveram presentes na premiação os pais e professores de cada criança e jovem. Antes da cerimônia, os convidados puderam prestigiar a palestra 'Possibilidades de resolução: uma tarefa de vida', mediada pela professora do curso de Psicologia da Unochapecó, Elizangela Felipi. Na sequência, a entrega dos prêmios se deu por ordem de níveis. Os premiados do Nível I foram estudantes do sexto e sétimo ano. No Nível II, estudantes do oitavo e nono ano. E por fim, no Nível III, estudantes do ensino médio. 

 

Elias de Vargas Becker, do Colégio Marista São Frascisco de Chapecó, foi um dos estudantes premiados. Ele recebeu a medalha de prata no nível dois. Foi a primeira vez que ele participa de uma olimpíada regional e foi algo bastante significativo. "Antes da prova peguei uns exercícios e fui fazendo. E é legal ver que da resultado o que a gente vê e aprende na escola", comenta. Para a mãe de Elias, Armeda de Backer, ver o filho receber um prêmio é um orgulho para toda a família. "É uma alegria muito grande saber que ele se esforçou bastante e conseguiu essa vitória. Eu penso que isso é só um começo, a vida pela frente tem muitos desafios e aos poucos ele vai conquistando", reflete. 

 

 

Premiados e homenageados

 

Além de Elias, 37 alunos foram premiados com medalhas de ouro, prata ou bronze. Cada um deles recebeu uma mochila e uma camiseta da Olimpíada. Todas as escolas participantes também foram premiadas e o Colégio Dom Sistemas Educacionais de Maravilha recebeu o troféu de escola com maior número de premiados na Olimpíada, em relação ao número de alunos matriculados na unidade escolar a partir do 6º ano.  

 

 

Confira o nome e colocação de cada premiado: 

 


Nível I

 

- Murilo Gabriel da Silva do Colégio Mater Dei de Pato Branco (PR), medalha de ouro;

 

- Maria Luiza Palombit Chaves do Colégio Mater Dei, medalha de prata;

 

- João Pedro Buss Heerdt do Colégio Exponencial de Chapecó, medalha de prata;

 

- Vitória Michelon Martins do Colégio Mater Dei, medalha de prata;

 

- Lucas Colvara Gomes da Sociedade Educacional Integral de Pato Branco (PR), medalha de bronze;

 

- Camile Mocellin do Colégio e Pré-Vestibular Expressivo de Xanxerê (SC), medalha de bronze;

 

- Vitor Benedett Caldas do Colégio Exponencial, medalha de bronze;

 

- Esthefany Roberta Bringhenti da Silva do Colégio Exponencial, medalha de bronze; 

 

- Lara Santiago Pizzolatti Fritzen do Colégio Marista São Francisco de Chapecó, medalha de bronze;

 

- Maria Clara de Oliveira da Sociedade Educacional Integral, medalha de bronze.

 


Nível II

 

- Diogo Back Sartoretto do Colégio Exponencial, medalha de ouro;

 

- Otavio Gambeta Ziger do Colégio Mater Dei, medalha de ouro;

 

- Pedro Henrique Carlotto do Colégio Dinâmico de Chapecó, medalha de ouro;

 

- Bruno Antonio Tretto do Colégio Dom Sistema Educacional de Maravilha (SC), medalha de prata;

 

- Maria Cecília Pozzer Baggio do Colégio Dinâmico, medalha de prata;

 

- Elias de Vargas Becker do Colégio Marista São Francisco de Chapecó, medalha de prata;

 

- Felipe Sabadini da Sociedade Educacional Integral, medalha de prata;

 

- Lucas de Maman do Colégio Nossa Senhora da Glória de Pato Branco (PR), medalha de bronze;

 

- Yasmin dos Santos Bueno do Colégio Logosófico Gonzales Pecotche de Chapecó, medalha de bronze;

 


Nível III

 

- Matheus Klement Sebben do Colégio Dom Sistema Educacional, medalha de ouro;

 

- Elis Regina Basso Veloso do Colégio Mater Dei, medalha de ouro;

 

- João Vitor Massochin Steimetz do Colégio Exponencial, medalha de ouro;

 

- Maria Luiza Simon Masieiro do Colégio Nossa Senhora da Glória de Francisco Beltrão (PR), medalha de prata; 

 

- Enzo Gheller do Colégio Exponencial, medalha de prata;

 

- Tiago Nicolao Lobo Pacheco do Colégio Exponencial, medalha de prata;

 

- Pedro Otávio Stivanin Sutili do Colégio Mater Dei, medalha de bronze;

 

- Laura Schurmiak Puton do Colégio Exponencial, medalha de bronze;

 

- Tiago Porsch Dopke do Colégio Marista São Francisco, medalha de bronze;

 

- Leonardo Dopke do Colégio Exponencial, medalha de bronze;

 

- Tiago Werlang Brandalizze do Colégio Nossa Senhora da Glória de Francisco Beltrão, medalha de bronze.

 


Menção honrosa

 

Bruna de Freitas Batistus do Colégio Mater Dei; Raiff Kauan Grás do Colégio Dinâmico; Vitor Assmann da Rosa do Colégio Mater Dei; Thiago Rossato Caveglion do Colégio Nossa Senhora da Glória de Francisco Beltrão; Camila Fank Kist do Colégio Exponencial; Pablo Batista Sessi do Colégio Dinâmico; Samuel José Ceolin Algeri da Escola Estadual Técnica José Cañellas de Frederico Westphalen (RS); e Pedro Henrique Signor Rodrigues do Colégio Exponencial. 



Fonte: Unochapecó | Foto: Unochapecó
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.