• Leia mais notícias de GERAIS
Colabore: Campanha Reciclagem Solidária da Fundação Hospitalar encerra no dia 11
Adicionada: 05/12/2018
 



O trabalho buscou arrecadar tampas de garrafas pet e lacres de latas de alumínio para serem trocados por leite e cadeiras de rodas, respectivamente



Iniciada em junho de 2018, a campanha Reciclagem Solidária da Classe Hospitalar da Fundação Hospitalar São Lourenço atingiu a meta, não só de números, mas de engajamento da sociedade. 

 

O trabalho buscou arrecadar tampas de garrafas pet e lacres de latas de alumínio para serem trocados por leite e cadeiras de rodas, respectivamente. Porém, o projeto vai além. Segundo a professora da Classe Hospitalar e coordenadora da campanha, Nadiesca Aparecida Gonçalves Limberger, o projeto buscou sensibilizar a sociedade sobre a importância da conscientização e o cuidado com o lixo. 

 

“Quando a gente fala do projeto, não estamos pensando simplesmente em arrecadar as tampas e os lacres para trocar por leite e cadeiras de rodas. É uma coisa mais abrangente”, disse Nadiesca explicando que a campanha também foca no meio ambiente, com a conscientização da sociedade em relação a destinação correta do lixo produzido diariamente. 

 

Fora esse trabalho que é feito junto a sociedade e entidades parceiras, Nadiesca frisa que o tema reciclagem é amplamente tratado dentro da Classe Hospitalar, com crianças que estão internadas em tratamento. “A gente procura explicar e estimular para que eles falem sobre isso com os pais, na escola e na comunidade”. 

 

A professora da Classe Hospitalar revelou que inicialmente o projeto foi trabalhado com alunos do magistério do município, mas após algumas discussões foi ampliado para a Classe Hospitalar. Durante toda a campanha a Fundação Hospitalar São Lourenço funcionou como ponto de coleta. Todo o material arrecadado será repassado para o Rotary Clube do município que é quem faz o controle e a troca pelos produtos. A entrega a entidade será feita no dia 11 de dezembro. “Neste dia vamos pedir para que as arrecadações sejam revertidas à entidade hospitalar”, adianta. Além da colaboração da sociedade, Nadiesca explica que a Classe Hospitalar recebeu a ajuda do Grupo de Escoteiros Bracatinga. 

 

 

Reta final 

 

Apesar de a campanha estar na reta final, Nadiesca lembra que ainda é possível contribuir. De acordo com ela, até o dia 11 será mantida a coleta dentro da Fundação Hospitalar. Ela explica que 70 embalagens de cinco litros de tampinhas de garrafas pet garantem 36 litros de leite e 166 embalagens de dois litros de lacres de latas de alumínio garantem uma cadeira de rodas.

 

De acordo com o último levantamento, já foram arrecadas 70 embalagens de cinco litros de tampinhas de garrafas pet e 15 embalagens de dois litros de lacres de latas de alumínio. 



Fonte: Ascom Hospital da Fundação | Foto: Ascom Hospital da Fundação
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.