• Leia mais notícias de PREFEITURA DE SÃO LOURENÇO DO OESTE
São Lourenço do Oeste identifica primeiro caso de dengue e fará "fumacê"
Adicionada: 08/05/2019
 



Cátia deixa o alerta, novamente, a todos os moradores, para que façam a sua parte, deixando residências limpas, sem lixo e qualquer tipo de material que possa acumular água.



O governo municipal de São Lourenço do Oeste, através da Secretaria de Saúde, informa que o município confirmou seu primeiro caso de dengue. Existe uma pessoa infectada no município, porém não foi possível confirmar se é importada ou autóctone.

 

A coordenadora do Programa de Combate a Dengue Municipal, Cátia Schafer, explica que, diante desta situação, o Governo do Estado de Santa Catarina irá realizar nesta quarta-feira (8), por volta de 17h, a aplicação espacial a Ultra Baixo Volume (UBV) de inseticida, o chamado “fumacê”, em partes do bairro São Francisco, identificado como LPI.

 

Portanto, as pessoas que moram nos arredores da Unidade Básica de Saúde (UBS), da Escola Básica Municipal (EBM) São Francisco – entres as empresas Parati e Bid Bom -, num raio de 300 metros, e também das ruas Guilherme Hack, Salvino Porsh, Frei Angelo Valentim, Motorista Valdir Cavinatto, Oscar Ferreira Bueno e Aderbal Ramos da Silva, todas no bairro São Francisco, devem seguir as seguintes orientações: abrir bem portas e janelas de todos os imóveis; recolher pássaros e animais domésticos; recolher roupas do varal; lavar frutas e verduras após a aplicação e evitar ficar próximo ao carro do fumacê para não ter contato com o produto.

 

Após a aplicação, o produto ficará suspenso no ar por aproximadamente 45 minutos, mas não deixa resíduos no ambiente. O produto é aprovado pela Organização Mundial de Saúde. O fumacê só não ocorrerá em caso de mudança climática, ou seja, chuva ou tempo nublado.

 

Cátia deixa o alerta, novamente, a todos os moradores, para que façam a sua parte, deixando residências limpas, sem lixo e qualquer tipo de material que possa acumular água. Ela informa que a dengue já é uma realidade e não se pode deixar virar uma epidemia em São Lourenço do Oeste.



Fonte: Prefeitura de São Lourenço do Oeste - Foto: Assessoria
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.