• Leia mais notícias de ESPORTES
Torcedor é condenado por injúria racial após jogo de futebol em Palmitos: 'nego sujo, corvo'
Adicionada: 10/06/2019
 



Decisão é do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

Vítima jogava em time rival.



A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) condenou um torcedor por injúria racial por causa de xingamentos a um jogador depois de uma partida de futebol amador em Palmitos, no Oeste catarinense. O réu terá que prestar serviços comunitários por um ano e quatro meses e ainda pagar um salário-mínimo para uma instituição de caridade e beneficente.

 

A decisão é do dia 6 de junho e foi divulgada nesta segunda-feira (10). O réu foi sentenciado por injúria racial qualificada por ter chamado o atleta de "preto, nego sujo, corvo, filha da puta" na frente de outras pessoas e sem motivo aparente, conforme o processo. O jogador era do time rival e deixava o gramado após ter sido expulso durante uma confusão em campo.

 

Testemunhas ouvidas em juízo confirmaram que os xingamentos foram feitos somente ao jogador quando estava indo ao vestiário, sem que houvesse provocação anterior. O acusado negou que ele ou outros torcedores tenham feito xingamentos racistas ao fim da partida.

 

"Em que pese a negativa de autoria do acusado, entendo que a versão destacada pela vítima é a que encontra guarida no acervo probatório, na medida em que revestida de firmeza e coerência em todas as vezes em que foi ouvida, além de ter sido corroborada pelas testemunhas ouvidas tanto na fase endoprocedimental como em juízo", escreveu o desembargador Luiz Neri Oliveira de Souza, relator do caso. A decisão do colegiado foi unânime.



Fonte: G1/SC - Foto: Divulgação
 

Versão para impressãoVersão para impressão
 


-----...*As opiniões expressas nos comentários não condizem, necessariamente, com a opinião do grupo editorial do "Portal TiviNet" e estes são de responsabilidade de seus idealizadores.